Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

O Cão Idoso

Com o desenvolvimento da medicina e da tecnologia, os cães, assim com os humanos, estão vivendo mais e aproveitando melhor a terceira idade, de modo ativo. A expectativa de vida do cão depende da raça, geralmente raças maiores têm uma expectativa de vida menor (8 a 10 anos) e mostram sinais de envelhecimento mais cedo que algumas raças pequenas, que podem viver de 17 a 20 anos.

Assim que o processo de envelhecimento começa, você começará a notar ao menos algumas das seguintes mudanças. Geralmente o nível de atividade cai e o cão passará mais tempo dormindo e descansando do que quando era mais novo. Eles também desenvolvem rigidez nas suas juntas, é provável que tenham apatia e podem sofrer de períodos de constipação. A visão e a audição podem começar a falhar e eles podem se tornar menos tolerantes e geniosos em comparação com o que eles sempre foram. E mais, ossos quebrados e machucados demorarão mais para cicatrizar e eles se tornarão menos capazes de suportar calor intenso, frio, fatiga e mudanças na sua rotina diária normal. Tudo isso são sinais normais de envelhecimento que a maioria dos cães irá passar, em maior ou menor grau, dependendo do indivíduo e da qualidade da alimentação e cuidados que o cão recebeu durante toda a sua vida.

Assim que seu cão envelhecer, existem algumas coisas importantes para levar em consideração tornar o seu cão idoso mais confortável:

- Proporcione exercícios suaves regulares - deixe o seu cão escolher a quantidade de exercício.
- Tenha certeza de que a cama de seu cão é macia, bem acolchoada, livre de correntes de ar e seca.
- Providencie uma roupinha de cachorro para o inverno.
- Ensine seus filhos como cuidar do seu cão idoso.
- Não faça nenhuma mudança repentina na dieta (ao menos que seja recomendada pelo veterinário).
- Reduza a quantidade de comida dada (devagar!) conforme diminua a atividade, para prevenir a obesidade.
- Grades de bebês podem ser usadas em escadas, se elas se tornarem um perigo para o cão.
- Coloque pisos anti-derrapantes no caminho, se você tiver um piso escorregadio. Ossos quebrados são geralmente causados por quedas em superfícies escorregadias.
- Permita que o seu cão tenha um lugar tranquilo onde ele possa se refugiar para tirar uma soneca, quando precisar de uma.
- Para cães de grande porte - eleve as tigelas de água e comida para que o cão não precise se abaixar desconfortavelmente para comer ou beber.
- Não deixe de dar atenção ao seu cão só porque ele está menos ativo ou menos envolvido nas atividades com a família.
- Tenha uma portinhola instalada - o controle de suas necessidades é um pouco mais reduzido em cães mais velhos, mesmo se ele sempre foi excelente em casa.
- Se o seu cão possui calos em seus cotovelos, passe vaselina neles - isto ajuda a prevenir que os calos rachem e fiquem infeccionados.

Com o envelhecimento, os cães ficam mais propensos a terem problemas de saúde, por isso, check ups regulares no veterinário irá garantir que qualquer problema de saúde seja descoberto e tratado mais cedo, o que aumentarão as chances de total recuperação ou, pelo menos, prevenindo uma posterior deterioração.

A seguir, uma lista dos sintomas que são sinais claros de condições que requerem uma rápida atenção veterinária - deve-se lembrar que não restam dúvidas que um cão mais velho pode piorar em uma velocidade alarmante se não for tratado o mais rápido possível.
- Vômitos.
- Recusa de comida.
- Mudanças na sede (para mais ou para menos).
- Inquietação ou gemidos sem motivos.
- Excesso de salivação.
- De repente, uma abundante queda de pêlos.
- Olhar espantado, fixo e vítreo.
- Abdômen protuberante.
- Incapacidade de ficar em pé.
- Se encolher, rosnar ou morder quando tocado.
- Qualquer dor óbvia.
- Tropeçar, desajeitamento ou colidir em coisas repentinamente.
- Convulsões ou ataques.
- Letargia repentina.
- Dificuldade de respirar, ou uma respiração muito ruim.
- Tosse.
- Sangue na urina ou nas fezes ou mudanças em seus hábitos sanitários.

Quanto chega a hora...
Infelizmente, nem todos os cães falecerão sem dor e dormindo em paz. O dono geralmente encara uma situação de agonia na decisão da eutanásia. Para fazer com que a decisão seja mais fácil de enfrentar,você pode colher todas as informações possíveis sobre as condições do seu companheiro, tratamento possíveis e resultados esperados, o nível da dor que o seu cão irá experimentar devido às condições e à qualidade de vida esperada para o seu cão durante o tratamento. Seu veterinário será capaz de responder quaisquer perguntas que você venha a ter, e lhe dará sua própria opinião sobre as condições de seu cão. Se o prognóstico não é bom (e você tem tempo porque o seu cão não está sentindo dor) você pode querer ter uma segunda opinião, para lhe ajudar a tomar a decisão.

Em muitos casos, amor e consideração pelo seu cão pode ser tão grande que você queira insistir com seu melhor amigo. Não é justo submeter o seu cão a tratamento atrás de tratamento se o prognóstico é muito pobre e o seu cão está sofrendo, visivelmente. Nestes casos, em que a decisão pode ser muito difícil porque sentimentos estão envolvidos, é melhor dar ao seu amigo leal uma morte sem dor e digna, ao invés de prolongar seu sofrimento e deixar a natureza seguir o seu curso lentamente.

E lembre-se... seu cão estará lhe esperando na Ponte do Arco Íris.

Fonte: Dogsites

8 comentários:

Amadora disse...

Oi gente, meu cachorrinho tem 14 anos. Ele está respirando com muita dificuldade, com o pescoçoesticado e as vezes, durante períodos longos ele passa assim, e com muita baba na boca. É difícil de OLHAR. Ja levei em veterinarios, mas eles dizem que "é da idade", que "pode ser agua no pulmao". Nada consistente e todo mundo já se dá por vencido. POr favor me ajudem e me digam algo que eu possa fazer pra ajudar meu cachorro. Amenizar o sofrimento dele. remedios, qualquer coisa. ele é um daschund. bjs

Fúlvia e Suzie disse...

Olá Amadora!

Não sou veterinária, mas acredito que o que seu cãozinho tem não seja da idade. E se um dos veterinários disse que ele tem água no pulmão, deveria retirá-la e tratá-lo, pois isso não é da idade, mas sim enfermidade.

Se você for de São Paulo, faça uma visita no veterinário da Suzie, João, da Pet Moleque. Fica na rua Luis Góis, perto da Av. Domingos de Moraes, em direção à Ricardo Jafet.

Se não, procure outro veterinário, que queira ajudar vocês dois.

Beijos!

aninha disse...

Oi pessoal!!Tenho um cachorro de 12 anos e de um tempo pra cá ele anda mais quieto...mas triste, sabe? Ele come normalmente,não perdeu peso, aparentemente não sente dor, mas brinca menos, as vezes ele fica tremendo(principalmente qdo me vê), se assusta fácil qdo esbarramos nele e fica a maior parte do tempo perto da gente deitado, como se não quisesse ficar sozinho. Eu até já pensei se podia ser "manha" mas fico com medo de estar sendo negligente.
O q posso fazer?

非凡 disse...

酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店經紀,
酒店打工經紀,
制服酒店工作,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
專業酒店經紀,
合法酒店經紀,
酒店暑假打工,
酒店寒假打工,
酒店經紀人,
菲梵酒店經紀,
酒店經紀,
禮服酒店上班,
酒店小姐兼職,
便服酒店工作,
酒店打工經紀,
制服酒店經紀,
酒店經紀,

,酒店,

Jorge Purgly disse...

Olá
Te desejo um excelente ano de 2010!
Um abraço,
Jorge
http://xeesm.com/JorgePurgly
http://purgly.blogspot.com
http://biometrio.blogspot.com
http://drbachflower.blogspot.com
http://konektigi.blogspot.com
http://mastersuno.blogspot.com

웃Lu Silva. disse...

Olá tenho 3 vira latas fofos de 4 e 2 anos de idade. Eita, fico feliz em saber que eles estão ainda novinhos!!!
Ufa!

bjos fofos

Marian disse...

Tenho um pinsher de 18 anos. Ele esta cego, so vê vultos ( me vê qdo chego, mas tromba nas coisas que estão próximas) esta surdo e sem faro. Mas seu estado de saúde é bom. Não tem dores, nem doenças. Como não tem mais dentes, dou mamadeiras com água ou leite e carne picada ( que dou na boca). Tb come e gosta muito de Danoninho. Mas noto que o leite nao faz muito bem, prende o intestino. Tem algum leite de bebe para me sugerir? E algum outro alimento???

alana almeida disse...

Marian como está seu pinsher? tenho um cao do mesmo modo, porem tem 14 anos e está um pouco obeso. choro sempre com medo dele morrer... está cego e surdo, e com uma corseira que nao passa nunca. ja ate troquei de shampoo mas nao resolveu.