Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

domingo, 5 de outubro de 2008

Florais de Bach


Como prometido, aqui vai a matéria sobre os Florais de Bach, enviada por Schirley Tambosi, terapeuta floral.


HISTÓRIA

A Terapia Floral é um método natural de buscar o equilíbrio emocional doindivíduo, usando a energia vibracional das flores para desencadear umamudança vibratória no organismo. Busca a causa, e não o efeito, dosproblemas, tratando o todo, o individuo, e nunca a doença. Os florais ajudama trabalhar melhor os sentimentos, fazendo-os aflorarem para que sejamresolvidos e não serem guardados, escondidos ou mesmo bloqueados nointerior, vindo mais tarde a desequilibrar o organismo. Basicamente osFlorais são energias retiradas das flores. O criador da técnica floral foiEdward Bach, um médico inglês.Edward Bach nasceu em Moseley, Inglaterra em 24/09/1886. Estudou medicinaem Birmingham e Londres. Trabalhou no Hospital homeopático de Londres epublicou vários trabalhos com a colaboração de médicos homeopatas, como: "Arelação entre a vacinação e a homeopatia" entre outros.
No auge da sua carreira medica, Edward Bach com 44 anos, toma a decisão devender o consultório e o laboratório. Passou a dedicar-se integralmente ao estudodos diferentes tipos de personalidade humana, e a busca de plantas curadoras especificas.
Estudou botânica, farmacologia, medicina popular e a visão mitológica decada flor.
Partiu para a observação direta das plantas em seu habitat natural, pormeio de sua intuição e experimentação.
Assim, descobriu as 38 essências, e agrupou-as em 7 grupos.


OS 7 GRUPOS

Os 7 grupos são:
- Grupo do Medo

- Grupo da Insegurança

- Grupo da Falta de interesse no presente

- Grupo da Solidão

- Grupo da Hipersensibilidade à Influencias e Idéias

- Grupo do Desalento e Desespero

- Grupo da Preocupação excessiva com os outros

Além disso desenvolveu o "Rescue Remedy" para situações de emergência,que contem 5 essências florais.Para obter a energia das flores, Bach desenvolveu uma técnica em que a floré colocada em água e exposta ao sol ou levemente fervida, conforme aplanta. Apos algum tempo as flores são retiradas, restando apenas a água,agora energizada. É então acrescentado brandy para conservar o floral. Estaessência "concentrada", chamada de tintura mãe, e' posteriormente diluída(solução estoque) e por fim apenas algumas gotas são usadas no preparo daformula final.A técnica desenvolvida por Bach inspirou a criação de vários outrossistemas florais, tais como:
Florais de Minas,Florais de Joel Aleixo,Florais de Sandra Epstein,Florais do Alaska,Florais da Califórnia,Florais do Havaí,Florais do Deserto,Florais da França,Florais da Austrália,Florais da Holanda,Florais do Pacífico,entre outros.


CURIOSIDADES

1- Quem pode tomar os florais de Bach?
- Toda as pessoas, independente da idade, animais e plantas.Muitos confundem Florais com outras técnicas ditas "alternativas". Embora todasbusquem o equilíbrio do indivíduo, existem grandes diferenças:

Homeopatia:
Utiliza uma parte centesimal do mal para a cura do mesmo mal, segundo a teoriaque semelhante cura semelhante. Leva em consideração as causas que estãoprovocando a doença, que são tidas como conseqüência de um distúrbio orgânico.Assim, a homeopatia prescreve medicamentos de forma a atingir as causasfísicas e/ou psicológicas que estejam provocando os sintomas apresentados pelocliente, individualizando ao máximo cada tratamento.

Fitoterapia:
Utiliza-se dos princípios ativos encontrados nas plantas e ervas medicinais.Diferente da homeopatia e florais que baseiam-se na vibração, esta baseia-se apenas no principio ativo. Bastante antiga, esta técnica e' transmitida de geração a geração e apesar de ser baseada no empirismo de nossos ancestrais, atualmente está sendo investigada e confirmada cientificamente.

Florais:
Baseiam-se na vibração energética das flores para acionar as energias do próprio indivíduo. O tratamento é feito a nível emocional. Terapia Floral trata a personalidade e não a enfermidade. É centrada totalmente no indivíduo, voltando-se para as emoções conscientes ou que sejam mais evidentes.Outro ponto a ser observado: os florais atuam no desequilíbrio emocional,antes de manifestarem-se como problemas físicos no organismo do indivíduo.

A homeopatia e a fitoterapia, porém, atuam após a manifestação dos efeitos destes desequilíbrios. Desta forma, os florais podem e devem ser utilizados para prevenir tais problemas.Florais não são medicamentos. Eles não curam problemas físicos. Costumo dizer que "Florais não fazem milagres", pois não "resolvem" os problemas de ninguém.

A Terapia Floral atua numa camada mais sutil, ao nível das emoções e sentimentos.Também não é correto dizer que "cura" ou "conserta" sentimentos e emoções.

Ela vai ajudar este sentimento, muitas vezes retraído, sufocado, a ser exteriorizado e assim ser trabalhado pelo indivíduo em questão, facilitando a ele lidar com a situação.

Olhando pelo lado científico, uma fórmula floral adequada para um determinadoindivíduo, em um momento específico, vai carregar as vibrações eletromagnéticasnecessárias para "ativar" as mesmas freqüências no campo energético do indivíduo.

Independente de se falar de animais, plantas ou seres humanos, não aconselha-se alguém que não possua um profundo conhecimento do que está fazendo "experimentar" *qualquer* tipo de tratamento. Aqui também inclui-se os Florais. O correto é procurar um profissional da área, pois fórmulas pré-determinadas encontradas em livros, sites, ou recomendados por conhecidos (e que funcionou com o primo do vizinho...) na grande maioria das vezes não são adequadas para outro indivíduo. Muitas vezes a mesma fórmula não é adequada para o mesmo indivíduo, em outra época. Cada fórmula floral é individual e para um determinado momento. Se alguém "adiar" um tratamento por uma ou duas semanas, muito provavelmente vai necessitar de uma fórmula diferente.


COMO SÃO FEITOS

O propósito deste texto é explicar como, a partir das flores, são produzidas as essências florais. Se mandarmos analisar quimicamente as essências florais o laboratório encontrará basicamente água e álcool. Não haverá nenhum princípio ativo físico que explique o potencial curativo que existe nas essências florais. Isto acontece porque o princípio ativo não é físico e sim energético. E esta é uma terapia vibracional.
Edward Bach descobriu que a energia das flores possui propriedades curativas. Para utilizarmos esta energia no nosso dia-a-dia ele utilizou um método bastante simples: impregnar a água com esta energia. Portanto as essências florais consistem em água energizada com a energia das flores.
As essências devem ser preparadas nas imediações do local onde crescem as plantas utilizadas para a coleta das flores. São escolhidas plantas sadias e vigorosas que se desenvolveram em ambiente sem poluição e que não foram submetidas a qualquer tratamento químico. Utilizam-se apenas as flores mais perfeitas e que estejam no auge da floração.
E. Bach desenvolveu dois métodos básicos para a obtenção das essências florais: solar e fervura. Posteriormente outros métodos foram desenvolvidos, como o lunar e o misto.

Método Solar
De manhã, ao alvorecer, toma-se um recipiente de vidro. Enche-o com água de fonte reconhecidamente pura e potável. A seguir colhe-se as flores colocando-as diretamente neste vidro com água. Deve-se evitar qualquer contato manual. Este recipiente de vidro com água e as flores é colocado nas imediações da planta exposto ao sol. É importante que seja um dia claro e com poucas nuvens no céu. Após algumas horas sob o sol, quando as flores começarem a murchar, inicia-se o processo de retirada das flores e filtragem da água impregnada pela energia floral.
A água energizada e filtrada é misturada na proporção de 50% com brandy e colocada em um frasco esterilizado. A esta diluição de 50% damos o nome de tintura mãe. A partir da tintura mãe se obtém a solução estoque (que é o que as farmácias compram para preparar a essência floral que você toma). Em um frasco esterilizado de 30ml, coloca-se 30% a 50% de brandy e completa-se o resto com água. Após feito isto acrescenta-se duas gotas da tintura mãe. O conteúdo do vidro é, então, balançado intensamente a fim de homogeneizar-se. Está pronta a solução estoque. Utiliza-se, no sistema Bach, o método solar para aquelas plantas que florescem no final da primavera e no verão. Nestas épocas, na Grã Bretanha, o sol está forte o suficiente para impregnar a água com a energia da flor.
No sistema Florais de Minas este método é utilizado para "as plantas nitidamente solares"¹, e a exposição ao sol dura da manhã até o final da tarde.
Obs: a função do brandy é servir de conservante. O álcool nele contido evita o desenvolvimento de microorganismos que podem ser prejudiciais à saúde.

Método de Fervura
Em um recipiente de, por exemplo, vidro temperado, coloca-se água de fonte pura e potável. Acrescentam-se as flores, que neste método são colocadas em conjunto com seu raminho de sustentação, folhas e brotos. Este conteúdo é fervido por um período entre 10 e 30 minutos. O tempo de fervura varia de acordo com a fragilidade da flor. Deixa-se o conteúdo fervente esfriar e então inicia-se o mesmo procedimento de filtragem e engarrafamento descrito no método solar.
No sistema Bach utiliza-se este método para as plantas que florescem no período em que não há sol o suficiente (na Grã Bretanha) para que seja usado o método solar. Ou seja, que florescem em um período diferente do verão e do final da primavera.
No sistema Florais de Minas o método de fervura é recomendado para "as flores cabisbaixas que procuram espontaneamente o calor da terra, e (para) aquelas plantas de aspecto lenhoso"².

Método Lunar
Utilizado pelo sistema Florais de Minas na obtenção das essências oriundas das plantas de características noturnas. O procedimento é o mesmo do método solar, apenas muda o período de exposição que passa a ser noturno, "sob lua plena"³.

Método Misto
Método desenvolvido para obtenção da essência floral de algumas plantas, como a da Quaresmeira Roxa (Tibouchina granulosa). O processo é o mesmo do método solar, diferenciando apenas no momento em que a flor começa a murchar. Neste momento, no método misto, o recipiente de vidro com as flores e a água é levado para a sombra, embaixo da planta. Aí fica por um período aproximado de 1,5 horas, até que as flores voltem a ficar viçosas. Somente neste momento é que retira-se as flores, faz-se a filtragem e a tintura mãe.
Com este processo o potencial curativo da essência floral é significativamente aumentado.