Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Níveis: 9. VÁ PARA A CAMA (go to mat)

NÍVEL DOIS
O cão vai para o lugar dele (caminha, almofada ou mesa de agility) a 1,5m de distância, dois comandos – dois comandos de voz ou um comando de voz e linguagem corporal etc.

DISCUSSÃO:
Seu cão está tão bem treinado que você vai começar a colocar alguns dos comportamentos já aprendidos juntos em uma “cadeia”! E usar coisas que ele já sabe que parece que está ensinando coisas novas a ele.

“Vá para a cama” é a combinação do trabalho de Distância (ele tem que ir LÁ para a cama, assim como tem que ir LÁ no trabalho de distância), Crate (tem que se controlar LÁ com você estando AQUI) e Deita (ele tem que deitar quando chegar na cama). Um complicado conjunto de comportamentos, mas geralmente fácil de aprender e ensinar.

Quão importante é este comportamento? Imagine seu cão na caixa de transporte quando você precisa de um tempo sozinho, não importa onde você esteja, e sem você ter que levar a caixa a tiracolo. Imagine você indo passear e encontra alguém com convulsões. Coloque o cão num banco próximo e lide com a situação. Claro, você pode pedir por um “Deita Fica”, mas você nunca sabe, quando não estiver olhando, quem vai fazer carinho nele, pisar nele, enxotá-lo. Não importa o quanto seu “Deita Fica” é bom, o “Vá para a cama” pode ser melhor. Não sei porque os cães se sentem mais seguros com algo para marcar o lugar do que nada que o marque.

COMEÇANDO:
Arrume uma “cama”. Pode ser a cama do seu cachorro, uma toalha, um tapetinho, uma jaqueta. Use o mesmo material pelo menos nas primeiras duas semanas. Assim que ele entender o comportamento, você pode começar a usar diferentes tipos de materiais. Pegue os petiscos, clicker e a “cama”. Sente e coloque a “cama” no chão perto de você onde o cão naturalmente estará quando perceber que você tem comida – provavelmente em sua frente. O cão vem, para na “cama”, você clica (treinar cães dá trabalho!). Espere que o comportamento aconteça para você capturá-lo. Clique e jogue o petisco na “cama” dez vezes, então jogue um petisco fora da “cama”. Clique quando o cão voltar para a cama e jogue os próximos dez petiscos na “cama”, e um fora dela.

Coloque a “cama” POUCOS CENTÍMETROS mais longe de você. Clique quando o cão voltar para ela e os próximos dez petiscos na “cama”. Jogue um fora dela. Por que jogar este fora da “cama”? Isto faz o cão SAIR da cama, e dá a chance dele voltar PARA a cama. Há duas partes neste comportamento: a) ESTAR na cama, e b) IR para a cama. Repita esta seqüência mais dez vezes, então mova a cama mais alguns centímetros longe de você. Continue.

Quando a cama estiver longe o bastante de você de forma que o cão não a alcance naturalmente, ele terá de procurar por ela, ou você terá de mudar de “esperar” para “moldar”. Se ele não conseguir achar a cama, sente e OLHE para a cama. Quando ele virar a cabeça em direção dela, ou se mover em direção a ela, clique e jogue um petisco na cama (a arte do adestramento é a maneira como você se ajusta e em combinações de esperar, moldar e guiar, de forma que o cão entenda). Agora, cinco cliques com petiscos sendo jogados na cama, um clique com petisco fora da cama, daí mais cinco nela e um fora dela. Quando ele entender o jogo e achar a cama sozinho toda vez, você pode ir para um petisco na cama, outro fora dela, OU você pode colocar a cama mais e mais longe de você. Lembre-se, quando você faz UMA parte do comportamento mais difícil, você terá de facilitar todas as outras partes, então, toda vez que você mudar a cama de lugar, volte aos dez cliques e jogar os petiscos na cama e um fora dela. Você quer que o clicker continue dizendo “Sim, não importa onde a cama está agora, ainda estou falando sobre ela!”. Se você diz isso ao cão com freqüência, você chegará ao ponto onde terá de esconder a cama para conseguir outros comportamentos do cão. Se ele vir a cama, deverá ir em direção a ela.

Mais uma parte da equação. Ele precisar estar NA cama, não apenas TOCÁ-LA. Uma vez que estiver indo para a cama, você pode começar a moldar o número de patas nela. Se ele coloca duas patas nela com segurança, comece com isto como a base do comportamento. Clique dez vezes para duas patas na cama, jogando os petiscos fora dela. Então, pare de clicar. Ele voltará para a cama, colocará as duas patas nela e esperará pelo petisco. Não, desculpe, não é bom o bastante. SE ele realmente perceber que você clica por ele estar na cama, você obterá a reação “Ei, Estúpido!”. Ele olha para você, espera pelo clique, não o ganha, ele vai franzir a testa e gritará “Ei, Idiota! EU FIZ o que você queria, OLHE!” e neste “OLHE”, ele faz o comportamento novamente. Ele se afasta da cama ,só para ter certeza de que você preste atenção desta vez. Clique para três patas na cama e siga daí até que você consiga as quatro patas na cama. Você deve ser claro o bastante sobre o seu critério com este comportamento, ou logo você terá um cão que fica PERTO da cama esperando pelo clique.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
ELE OLHA PRA MIM E NÃO PARA A CAMA! Volte, você colocou a cama longe muito rápido. Ou sente e use a cama como prática (modelando o comportamento) para ambos. E faça outras coisas com a cama que não estejam no horário de adestramento – como, segure o prato de comida dele e ande casualmente pela sala (com ele seguindo, claro). Vá andando até que você “acidentalmente” faça-o parar na cama, clique, e coloque o prato de comida na cama.

ELE FICA PARADO NA CAMA AO INVÉS DE DEITAR! Nada demais, Deitar não é parte deste comportamento neste nível. Clique se isto acontecer, mas não se preocupe com isso.

ADICIONANDO UM COMANDO:
Você sabe como adicionar comandos agora, certo? Não diga uma palavra até que o cão lhe ofereça o comportamento. Quando ele correr para a cama, repetidas vezes, praticamente gritando “Olhe, estou correndo para a cama! Olhe, minhas patas estão na cama! Você não vai clicar?”. É hora de dizer-lhe como este comportamento se chama.

CONTINUANDO A EDUCAR:
Como vamos pedir um Deita automático na cama no próximo Nível, você também pode começar a clicar para qualquer indicação de sentar ou deitar na cama. Mova a cama pela sala (comece devagar, ou coloque-a em um lugar totalmente diferente e comece o treino do zero) – quero ser capaz de dizer ao cão “Vá para a cama” e vê-lo fazer o trabalho de descobrir onde está a cama. Se você tiver acesso a uma rede para cães ou aquela mesinha do agility, pode transferir seu Vá Para a Cama para estes objetos também (o primeiro comportamento de agility dele!). Um truque bem legal é usar a guia como “cama”. Onde você estiver com seu cão, você terá uma guia, certo? Se eu vou ensinar isto, começarei com uma guia bem longa ou com duas guias amarradas uma à outra, tornando-a uma guia longa. Mas você também pode usar suas chaves, sua bolsa, uma cadeira, o sofá etc.

NÍVEL TRÊS
O cão vai para a cama a uma distância de 1,5m, com apenas um comando, deita, com apenas um comando e permanece deitado quieto, sem comandos adicionais, por um minuto.

DISCUSSÃO:
Um dos muitos comportamentos de duração neste Nível. Aqui pedimos ao cão para ficar no Deita-Fica, mas quando dá uns dez minutos, relaxamos com o Deita, desde que ele fique na cama.

COMEÇANDO:
Duas coisas a mais neste Nível – Deitar na cama e Ficar na cama. Comece com o Deita. Você tem um bom Deita sob comando no Nível 2 e, no Nível 3, você já trabalha no Deita a uma certa distância. Você pode simplesmente pedir para o cão Deitar quando ele estiver na cama. Deita, clique, joga o petisco fora da cama. Deita, clique, jogue. Dez vezes, então espere para ver se ele deita quando for para a cama. Se sim, vinte vezes, clica, joga o petisco fora da cama. Se não, outras dez vezes dando o comando Deita e tente o comportamento voluntário novamente.

Ou, você pode NÃO dar o comando Deita, começando direto na duração. Ele vai para a cama, você conta UM, clica, joga o petisco fora da cama. Ele vai para a cama, você conta DOIS, clica, joga o petisco fora da cama. Etc. Se ele ainda não deitar na cama quando você contar até 20, volte para o primeiro parágrafo e comece a dar o comando Deita antes de clicar.

Quando ele entender que tem que deitar quando for para a cama, você pode começar a contar a duração. Para isso, jogue o petisco na cama dez vezes, então uma vez fora da cama, e continue a contar. Então, ele vai para a cama e deita, clica, jogue o petisco na cama. Ele deita na cama, conte até dois, clique, jogue na cama. Ele está deitado na cama, conte até três, clique, jogue na cama, etc. Ele está deitado na cama, conte até dez, clique, jogue o petisco fora da cama. Ele corre para pegá-lo, volta e deita na cama, conte até onze, clique, jogue na cama etc. Se ele sentar ou sair da cama aos, digamos, 12 segundos, coloque-o de volta na cama e comece a contagem do um segundo/clique, dois segundos/clique etc.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
ELE FICA POR 30 SEGUNDOS NA CAMA, MAS NÃO FICA EM NENHUM OUTRO LUGAR!
Claro que não. Você ainda não o treinou para isso. Ficar na cama pode parecer exatamente igual a ficar no hall para nós, mas não para o cachorro. Quando você começar a lhe mostrar o Fica em trinta lugares diferentes, ele começará a entender. Mesmo colocando a cama no hall não será o mesmo que ter a cama na sala.

ADICIONANDO UM COMANDO:
Não uso comando para ficar na cama. O comando inicial “Vá para a cama” fará o cão ir para a cama. Uma vez ali, ele está por conta própria. Você está ensinando-o a ficar na cama até que você clique ou o chame.

CONTINUANDO A EDUCAR:
Quanto mais se praticar ficar na cama, melhor ele saberá isto. Mude a cama de lugar na casa. Use “camas” diferentes, como pequenas mesas, roupas. E lembre-se, cada vez que você muda uma coisa naquilo que o cão já sabe, torne todo o resto mais fácil, ou seja, se você usar uma cama diferente, mantenha-a num lugar que o cão conheça e diminua a distância e a duração. Se você mudar o lugar da cama, use a mesma cama e diminua a distância e a duração. Os esforços que você usar agora ajudarão o cão a entender que coisas novas valerão a pena porque, como tudo o que você lhe ensina, mais prática ele tem em generalizar um comportamento e melhor ele será nele.

NÍVEL QUATRO
O cão vai para a cama, ou qualquer outro lugar, a 2,5m de distância, deita e permanece deitado quieto por 2 minutos. Comandos apropriados.

DISCUSSÃO:
Lembre de diminuir o tempo quando você aumentar a distância, e vice versa. Ter uma voz de comando sólida é uma das partes mais importantes do comportamento neste Nível.

COMEÇANDO:
Não faz diferença se você aumentar a distância ou a duração primeiro. Você escolhe. Melhores resultados são obtidos alternando os dois. Então, trabalhe em ir para a cama a 1,5m de distância, volte para 1m e certifique-se que você tenha um Fica de 60 segundos sólido no Nível Três. Então, passe para 80 segundos. Volte para 10 segundos na cama, mas trabalhe a uma distância de 2m. Volte para 1,5m de distância e trabalhe o tempo até 100 segundos. Volte para 20 segundos e trabalhe a uma distância de 2,5m. Diminua a distância para 2m e trabalhe a duração para até 2 minutos. Finalmente, trabalhe a uma distância de 2,5m.

CONTINUANDO A EDUCAR:
Preste atenção ao comando neste Nível. Com uma curta distância e sem duração no Fica, mova a cama de lugar, assim o cão tem que procurá-la. Quando ele estiver bom em achá-la, não importando o lugar onde você a tenha colocado, coloque o comando. Faça bastante isso. Neste comportamento, você pode ir para um canto da área de treinamento, dar o comando “Vá para a cama” e ter o cão correndo para achar um lugar para deitar: a cama. Espere um minuto, será que é uma boa distância na mesa de agility? Bom, acho que sim!

Neste Nível, você também pode achar coisas melhores para fazer do que olhar para seu cão por dois minutos. Volte a trabalhar em pequenas distância e pequenas durações e vá guardar alguma roupa, varrer o chão, lavar um copo. De novo, é excelente para treinar a mesa do agility e também é o começo do Fica em lugares fora da nossa vista em competições de obediência.

NÍVEL CINCO
O cão vai para a cama a 5m de distância e fica nela por 5 minutos. Comandos.

DISCUSSÃO:
O comportamento começa a se parecer com o que esperamos dele. Tente fazer algo (lavar a louça, passar uma peça de roupa) enquanto trabalha nos 5 minutos.

NÍVEL SEIS
O cão vai para a cama a uma distância de 5m e fica ali por 15 minutos.

DISCUSSÃO:
Este é o comportamento completo. Esperamos que o cão seja capaz de achar a “cama” em qualquer lugar da área de treinamento e não precisamos que ele fique deitado enquanto na cama. Significa que ele pode ficar parado, sentado, deitado de barriga pra cima ou qualquer outra posição relaxante para ele, contanto que ele fique na cama.

NÍVEL SETE
O cão vai para a cama a uma distância de 5m sob um comando e permace lá por 30 minutos.
Este comportamento deve ser feito sem uso de comida ou clicker na área de treinamento.

DISCUSSÃO:
O mesmo comportamento do Nível anterior, com o dobro de duração. Fazê-lo sem recompensar significa que o cão faz o comportamento como parte de sua rotina, ao invés de como um “truque” que precise de reforço imediato.

Tradução: Fúlvia Zepilho de Andrade
Fonte: www.dragonflyllama.com

Um comentário:

非凡 disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.