Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

quarta-feira, 19 de dezembro de 2007

Níveis. 15: GUIA FROUXA (Loose Leash Walking - LLW)

NÍVEL DOIS
O dono fica em um ponto com o cão com a guia frouxa. O cão mantém a guia frouxa por 60 segundos com uma distração. O dono pode falar com o cão e usar qualquer comando para guia frouxa, mas não pode dar comandos como Olha, Junto, Senta, Deita, Parado ou Fica. Este comportamento é para testar o Loose Leash como um comportamento padrão.

DISCUSSÃO:
Provavelmente este é o comportamento mais difícil que você irá ensinar ao seu cão – para ambos! Loose Leash é o comportamento definitivo Zen-como-modo-de-vida. Trabalhe mais neste comportamento, especialmente se seu cão for filhote, e você não precisará pensar em ensiná-lo de novo. Se imagine numa competição de agility, carregado de coisas (cadeira, guarda-chuva, comedouro do cão, caixa de transporte). Enquanto todos os outros fazem duas viagens para pegar tudo, seu cão anda perfeitamente com a guia frouxa.

Qual a diferença entre Loose Leash e Junto? Muita. Junto é um comportamento de competição, que envolve o cão permanecer na posição perfeita, coluna alinhada, olhando para você ou para frente (depende do seu critério), sentar prontamente e reto quando você pára, sem pensar em nada a não ser no Junto. Não é usado casualmente para sair do carro e entrar em casa com a mão cheia de sacolas. Loose Leash é como ir passear calmamente de mãos dadas com quem você ama. Você fica junto, sabe que ele está lá, mas não precisa pensar nele todo segundo. Você pode olhar pro céu, para as pessoas, acenar para alguém, olhar vitrines. Loose Leash é um estilo de vida. É um comportamento que o cão automaticamente faz porque é assim que a vida funciona. Uma vez que ele entende isso, é fácil para ele, e agradável, porque o cão que vai passear vai para muitos mais lugares que o cão que leva o dono para passear!

COMEÇANDO:
A boa notícia é, Loose Leash é fácil de ensinar. A má notícia é que é difícil de ensinar porque você tem que prestar atenção na guia o tempo todo!

Se você tem um filhote que não entende a guia ainda, vá devagar. Coloque a coleira, clique por não espernear. Brinque com ele para que ele esqueça da coleira. Quando ele estiver confortável, coloque uma guia curta e deixe-o arrastá-la. Clique por não espernear e faça algo para que ele esqueça que está arrastando algo pelo pescoço (deixe ver... que tal alimentá-lo?). Quando ele estiver acostumado, sente e coloque um pouco de pressão na guia. Não o bastante para assustá-lo, apenas para que ele saiba que a guia está lá. Chame-o, faça barulhos interessantes, mostre um brinquedo, qualquer coisa para mostrar-lhe que ele pode se libertar da pressão ao se mover em sua direção. Enquanto trabalha nisso, lembre-se que é uma resposta contra-intuitiva para qualquer mamífero – o corpo acha que deve ir em direção contrária à pressão, então quando a guia fica tensa, sua reação instintiva é tencioná-la ainda mais. Você deve mostrar que o corpo dele não está falando a verdade sobre as guias.

Quando o cão estiver confortável com a guia, começará a puxá-la para onde quiser ir. Você pensa “Ele não vai me fazer ir mais rápido do que quero ir! Vamos na minha velocidade.” e ele pensa “Cara, como esse humano é devagar, eu tenho que puxar bem forte para fazê-lo chegar em algum lugar!”. Você vai dizer a ele que ele tem que puxar para chegar a algum lugar? Ou você lhe dirá que puxar nunca o levará a lugar algum, que a única maneira de chegar onde ele quer é ficar com a guia frouxa?

Veja o dia de hoje como o primeiro dia do resto da vida do cão. De agora em diante, uma guia tensa nunca levará o cão onde ele quiser. Esta frase é a chave para ensinar este comportamento. Volte para casa se o cão não andar com a guia frouxa. Vá com calma. Se você tiver que ir para algum lugar e não tiver tempo para ensinar o Loose Leash, pense em outra coisa: a) desista da idéia de ter a guia frouxa, b) coloque um halter (tipo GL) no cão quando você não tiver tempo de ensiná-lo, c) coloque um peitoral no cão e deixe-o puxar, d) carregue-o, e) coloque pedaços de salsicha na mão e deixe o cão ir mordiscando-os durante todo o trajeto, f) faça cabo-de-guerra durante todo o trajeto ou h) você decide. Escolha agora para usar quando estiver sem tempo.

Sua atitude é o fator mais importante em ensinar o Loose Leash. Vamos começar.

Sem distrações, claro. Sala de casa, porão ou quintal. Uma guia de pelo menos 1,5m de comprimento, 1,5cm de largura para cães com até 16kg, 2cm para cães com até 28kg e 2,5cm para cães mais pesados. Coloque o dedão no “aro” da guia (onde segura), envolva a guia com sua mão (a mesma) e coloque ambas as mãos juntas. Exceto por dar petiscos, suas mãos ficam lá o tempo todo quando estiver trabalhando no loose leash.

A guia está frouxa quando uma parte dela fica “pendurada” na coleira, sem tensão. Se estiver meio esticada, ainda que não totalmente, não é mais guia frouxa.

Clique 50x pelo cão estar perto de você (se este estágio levar dias, tudo bem). Se o cão está perto de você, a guia tem 1,5m de comprimento e você está segurando só uma parte dela com a mão, a guia está frouxa. Certo? Certo.

Comece a andar devagar pela sala. Clique muito pelo cão estar perto de você. Não por olhar para você, nem sentar quando você parar, nem por estar ao seu lado esquerdo, apenas por estar perto. Se está perto de você, a guia está frouxa. Certo? Certo. Clique 50x por andar perto de você com a guia frouxa.

Agora fica mais difícil. Dê um “ponto de foco” para o cão – algo que ele realmente queira alcançar: a porta, um petisco, um brinquedo, outra pessoa, qualquer coisa. Coloque este ponto no final de uma área grande que você tiver. Comece na outra ponta desta área, a guia envolvida corretamente na sua mão. Comece a andar devagar em direção ao ponto, clicando rapidamente por ter a guia frouxa.

Se o cão vai o caminho todo em direção ao ponto com a guia frouxa, ele pode interagir com ele. Recomece.

Se não, você volta. Não dê a volta, ande para trás. Ande para trás até que você esteja completamente fora da “zona de atração” do ponto, até que o cão não se lembre dele. Clique 10x por uma guia frouxa e ande para a frente novamente.

Enquanto a guia estiver frouxa você anda em direção ao ponto. Assim que a guia esticar, por menos que seja, ou assim que você vir que o cão irá esticá-la, recue o quanto for necessário para que a guia fique frouxa novamente e o cão pare de tentar chegar onde ele quer. Clique 5x pela guia frouxa e recomece a andar para a frente.

Quer você clique para a guia frouxa enquanto anda para a frente ou não, é com você. Algumas pessoas pensam que a explicação fica mais clara quando clicam pela guia frouxa enquanto andam, outros acham que o ponto chegando perto e se afastando ensina melhor. Você escolhe.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
EU RECUO E ELE VEM COMIGO, MAS DAÍ ELE TENSIONA A GUIA ASSIM QUE EU PARO!
Você não recuou o suficiente. Ele deve estar totalmente convencido que o ponto é inalcançável de onde ele está. Quando você começar uma “ação ioio”, recue mais da próxima vez. Leia os dois primeiros Níveis de Zen de novo.

ELE QUER TANTO O ESQUILO QUE NÃO CONSEGUE SE LEMBRAR! Querer o esquilo é ótimo, você tem um ótimo ponto. Se ele não consegue ficar com a guia frouxa, você ainda está muito perto. Você quer trabalhar no começo, limiar do comportamento do cão, não quando ele não conseguir nem pensar de tão excitado. A um quarteirão de distância (582 passos) do esquilo ele consegue deixar a guia frouxa? E a 581 de distância? 580? 575? 570? 565… ops, aí foi perto demais. Recue de novo!

ELE ESTÁ BEM AO MEU LADO, MAS A GUIA ESTÁ ESTICADA! É chato falar mas, ele não consegue esticar a guia sozinho. Se você trabalha com uma guia de 1,5m, você envolve uma volta dela em sua mão, o cão está ao seu lado e a guia esticada, você deve estar segurando-a esticada com a outra mão!

ELE CONSEGUE ME PUXAR, E EU NÃO CONSIGO RECUAR! Lembre que você tem as duas mãos juntas e mantenha-as ali. Coloque um pé para a frente, virado a 45º. O outro pé um pouco atrás, também a 45º. Coloque a maior parte do seu peso no pé de trás, usando o da frente para balancear. Abaixe um pouco o corpo para diminuir seu centro gravitacional. Se seu cão ainda lhe puxar nesta posição, é melhor colocar um halter (tipo GL) nele, porque você vai precisar da ajuda deste equipamento.

ELE NÃO PUXA NUMA DIREÇÃO ESPECÍFICA, MAS SIM DE UM LADO PARA OUTRO! Muitos pontos para ele focar! Você precisa de uma coisa que o cão realmente queira, e nada mais de interesse por perto. Você não consegue ensinar isso sem um único ponto. Faça com que você tenha sucesso.

EU NÃO CONSIGO LEMBRAR DE MANTER A GUIA FROUXA! Peça para uma criança andar com vocês para lhe lembrar.Ou converse com você mesmo para se lembrar, e tornar isto uma prioridade. Ou desista e deixe o cão lhe puxar pelo resto da vida. Ser inconsistente neste treino ensina o cão a puxar cada vez mais.

ADICIONANDO UM COMANDO:
O comando é a guia em si. Quero que seja um comportamento padrão – acontece porque é assim que a vida funciona. Você coloca a guia, ela fica frouxa. É assim que a vida funciona. Se o cachorro esquece, uso uma correção de voz, como “Hey!”.

CONTINUANDO A EDUCAR:
Testar este Nível envolve ficar parado em um lugar enquanto o cão mantém a guia frouxa por um minuto com uma distração, mas não tente ensinar ficando parado. Recuar é muito mais fácil. Quando estiver bom em andar com a guia frouxa, ficar parado é fácil.

Lembra que o começo deste comportamento é o começo da nova vida do cão? Pratique-o em todo lugar. E nunca deixe o cão puxar. A guia frouxa vai na direção que o cão quer. A guia esticada o afasta de onde ele quer ir. Faça este treinamento quando você tiver tempo para ensiná-lo, senão você o ensinará que puxar ainda funciona.

NÍVEL TRÊS
O cão mantém a guia frouxa enquanto anda 10m à frente, 2 comandos, 1 distração. Comando a qualquer momento.

DISCUSSÃO:
Agora começa a ficar mais complicado para o dono. Você tem de prestar atenção no cão, na guia, na sua recompensa, na recompensa “natural” e onde está indo! Por outro lado, começamos a ensinar o Loose Leash andando, então não deve ser tão mais difícil. Aqueles dois comandos permitidos? É só você não entrar em pânico quando estiver prestes a ser testado. Você não precisará deles.

COMEÇANDO:
Continue praticando. Certifique-se de não ficar numa posição onde você não consiga recuar se for preciso. Meça 10m onde você costuma treinar, assim você saberá até onde pode ir e quanto passos dar para andar essa distância. Existem muitos comportamentos que serão testados a 5 ou 10m.

A distração pode ser comida no chão, que você deverá passar por ela, ou outro cão ou pessoa andando perto de vocês. Não faça isto tão difícil ao ponto de você não conseguir passar. Por outro lado, lembre que é um comportamento muito importante. Não o torne fácil demais. Selecione uma distração que não seja tão fácil para você. Torne justo para este Nível, nem muito fácil, nem muito difícil.

Lembre da sua decisão em clicar ou não para a guia frouxa enquanto anda até o objetivo. Está funcionando? Ou você mudará de idéia e tentará de outro jeito?

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
ELE ESTICA A CABEÇA EM DIREÇÃO À DISTRAÇÃO! Você sabe o que fazer. Recue. O problema aqui é que você está indo de Sul a Norte (por exemplo), e a distração está no Oeste. Você precisa ser um pouco flexível agora. A guia está lhe puxando para o Oeste, então você recua para o Leste. Qualquer que seja a distração, onde quer que esteja e o que quer que esteja fazendo, apenas recue.

ADICIONANDO UM COMANDO:
O comando é a guia.

CONTINUANDO A EDUCAR:
Diferentes locais, diferentes distrações. A distância que você precisa recuar está diminuindo? Notou que você precisa recuar mais para algumas distrações e para outras apenas um passo para trás é o suficiente, dependendo de quão atrativa cada uma é?

NÍVEL QUATRO
O cão mantém a guia frouxa por 20m com outros cães perto, comandos apropriados, cão em controle sem interferência excessiva do dono.

DISCUSSÃO:
O ponto-chave deste Nível é que o cão tem o Loose Leash como comportamento padrão, não porque o dono comanda-o constantemente. Um “comando apropriado” seria, talvez, ter a atenção do cão. A maioria dos cães não são atraídos por tudo, então há chances de este comportamento em alguns Níveis ser mais fácil que em outros. Não diga “meu cão não se interessa por outros cães”, teste do mesmo jeito.

COMEÇANDO:
Você não começou sua distração com comida cobrindo o chão com ela. Não comece este Nível colocando o cão no meio de vários cães brincando e espere que ele fique com a guia frouxa! Comece com um outro cão. Lembre de recuar da distração quando a guia começar a esticar, e recompense por ela frouxa. Quando você conseguir andar perto do outro cão com a guia frouxa, adicione um terceiro cão, depois um quarto. Vá devagar. Quando seu cão andar calmamente com, digamos, 6 cães, com a guia frouxa sem tentar esticá-la, diminua o número de cães até 1 de novo, mas este um fora da guia. Quando você obter sucesso, coloque um segundo cão. Agora você terá cães brincando e correndo. Obtenha distância para mostrar que a guia deve ficar frouxa não importa o que aconteça, e volte ao ponto onde você pode andar pelo meio dos cães com a guia frouxa novamente.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
EU FICO CONFUSO E ACABO ARRASTANDO-O COM A GUIA ESTICADA!
Você está muito perto de outros cães. Releia os comportamentos de Guia dos Níveis Dois e Três. Aqui, a distância é sua amiga. Talvez 1m de distância de outro cão seja o suficiente. Talvez meio quarteirão o seja. Trabalhe o seu cão, não suas expectativas! Se afaste o suficiente para seu cão andar com a guia frouxa. Só então trabalhe mais perto do (s) outro (s) cão (cães). Aumente o seu índice de recompensa.

EU NÃO TENHO UMA AULA DISPONÍVEL COM VÁRIOS CÃES NELA! Se há um parque freqüentado por cães perto da sua casa, vá para lá. Trabalhe fora da praça para que você tenha controle total em quão perto você vai chegar dos outros cães. Fique na calçada, onde as pessoas andam. Algumas delas terão cães. Você pode andar em direção aos cães na calçada, recuando quando seu cão errar. Você pode andar na calçada atrás das pessoas, seguindo-as, e voltar se o cão errar. Se alguém com cães se mostrar interessado no seu cão (e irão, com certeza!), convide-os para lhe ajudar a treinar por alguns minutos.

ADICIONANDO UM COMANDO:
Não há comando, nunca. LLW é um comportamento padrão. O cão está com a guia, esta deve ficar frouxa.

NÍVEL CINCO
O cão mantém a guia frouxa enquanto anda do carro para a área de adestramento com outra pessoa. Nenhum comando a não ser a guia.

DISCUSSÃO:
Agora queremos um Loose Leash completamente padrão – um comportamento que acontece por nenhuma outra razão a não ser o modo como usar a guia funciona. Se você não trabalha do carro para a área de adestramento, escolha outro cenário, como da calçada para um parque, do carro para a casa de amigos onde o cão quer ir.

NÍVEL SEIS
No carro, o dono sai, o cão fica sem nenhum comando, cão sai quando convidado, mantém a guia frouxa na área de adestramento com comandos apropriados.

DISCUSSÃO:
Agora queremos um controle padrão com a porta do carro aberta, assim como o comportamento com a guia. Este comportamento pode salvar vidas.

Tradução: Fúlvia Zepilho de Andrade
Fonte: www.dragonflyllama.com