Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

domingo, 13 de abril de 2008

Níveis: 21. Parado (Stand)

NÍVEL DOIS
O cão fica parado a partir do Senta ou Deita com não mais que dois comandos – dois de voz, voz ou linguagem corporal, linguagem corporal e gesto, voz e gesto etc.

DISCUSSÃO: O parado é visto como um comportamento efêmero – o Deita as pessoas entendem: mantenha o corpo em contato com o chão. Parado pode ser definido pelo que não é: não é Senta, nem andando. O problema com o Parado é o critério. Na verdade, o Parado é um comportamento bem definido. Quatro patas sem se mover e sem estar sentado. Pronto. Se uma pata se mover, bingo, não é mais um Parado.

Para que serve? As respostas clássicas são: para ser examinado pelo veterinário e não sentar em poças. Mas não para por aí, claro. Parado é o começo da “pose” em exposições de cães. Um comportamento exigido em obediência. Necessário para cuidar do cão. Dá ao cão maior rapidez para começar o percurso de agility que quando sentado.

COMEÇANDO:
O jeito clássico de ensinar o Parado é guiar o cão para a frente até que ele pare, então tentar algo (talvez colocar a mão na barriga do cão) para mantê-lo na posição. Esqueça. Aqui é adestramento com clicker! É mais fácil que isso. A maneira mais fácil é simplesmente capturar o comportamento. Carregue o clicker e um pacote de petiscos com você e clique quando vir o cão parado. Deve ser bem fácil: se ele não o fizer, provavelmente está... morto?

Você também pode guiar, mas não para a frente. Coloque o petisco perto do focinho dele, abaixe-o rapidamente para o queixo em direção à garganta dele. Se ele virar para o lado para pegar o petisco, mova-o para mantê-lo reto. Ele vai trabalhar a parte traseira do corpo, ir para trás para pegar o petisco. Não faça o movimento como se fosse ensinar o Deita – parece com o Deita porque o é. Mantenha o petisco no queixo do cão. Clique quando ele se levantar. Lembre-se de se livrar do petisco na mão que guia o mais rápido possível. Não deixe o cão se mover de um lado para outro e conseguir pegar o petisco. Mantenha-o reto.

Ok, você está guiando. Por que este método é melhor que guiar para frente? Porque quando o cão vai para frente, seu centro gravitacional está numa posição que é fácil para ele sentar. Guiar para frente faz com que o corpo do cão queira sentar. Quando ele vai para trás, o centro gravitacional do cão muda e torna mais fácil para ele ficar parado. Guiar para trás faz com que o corpo do cão queira ficar parado.

Parado é um comportamento interessante porque presta-se às três maneiras de obter um comportamento. Para moldá-lo, simplesmente comece a fazer o cão ir para trás (recuar). Recuar, como explicado, naturalmente produz o Parado. Passe as primeiras sessões clicando até mesmo as patas dianteiras por recuarem, ainda que levemente. Quando o cão estiver oferecendo regularmente o movimento da pata dianteira na direção correta, espere ele recuar uma das patas traseiras. Depois você pode separar em Recuar e Parado.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
QUANDO O GUIO, ELE SÓ RECUA!
Adorável cão atlético! Você está clicando muito tarde se ele recua demais – ele não pode recuar sem primeiro ficar parado! Por outro lado, se ele dispara no recuo sem ajeitar as patas traseiras primeiro, comece a treinar em um canto, assim ele só poderá recuar um pata. Deixe-o tentar pegar o petisco, mas o único jeito de fazer com que você o dê é ficando parado.

QUANDO O GUIO, ELE COLOCA O BUMBUM NO CHÃO E ROLA PARA TRÁS! Geralmente acontece com cães filhotes, de rápido crescimento que não sabem exatamente onde estão os pés, mas algumas vezes acontece com cães perfeitamente normais. Quando ele rolar para trás, estará sentado em sua cauda e não conseguirá ficar parado mesmo se tentar. Ele recuou e esqueceu da sua traseira. Neste caso, guie-o para a frente primeiro para fazê-lo ficar parado, então, guie-o para trás para mantê-lo na posição. Clique qualquer movimento ou equilíbrio de peso no recuo.

TENTEI MOLDAR O RECUO, MAS ELE DÁ SÓ UM PASSO E PARA! Ah, você está clicando a parada! Seu pensamento é: “Acho que este é o máximo que ele consegue fazer, melhor eu clicar!”. Tarde demais. Quando você ensina um comportamento de movimento, como recuar, clique o movimento, não a parada! Note que estamos trabalhando o Parado, ele não precisa recuar. Se ele der um passo, está Parado!

ADICIONANDO UM COMANDO:
Guiar o parado com sua mão abaixo da mandíbula do cão produz um sinal (gesto) para o comportamento. Mova o sinal gradualmente para cima, assim você poderá dá-lo ao cão quando estiver em pé.

Para o comando de voz, quando ele ficar Parado voluntariamente, diga-lhe o nome do comando, ou use o comando de voz primeiro, seguido do gesto, até que ele comece a antecipar o gesto quando ouvir seu comando de voz.

CONTINUANDO A EDUCAR:
Com um cão Nível 2, você provavelmente começou este comportamento com o cão na sua frente, olhando para você. Consegue obter o comportamento com o cão na sua frente olhando sua mão direita? Mão esquerda? Com o cão a seu lado?

NÍVEL TRÊS
O cão fica parado a partir do Senta com apenas um comando. Note que este comportamento é executado com o cão ao lado ou à frente do dono. Comportamento opcional que deve ser executado sem comida ou clicker no lugar.

DISCUSSÃO:
Por que as pessoas se contorcem tanto para fazer o cão ficar Parado? Não é mais difícil que fazê-lo Sentar. Dois objetivos aqui, primeiro obter uma performance sólida sob comando, e segundo, consegui-la sem comida.

COMEÇANDO:
Você já tem o Parado a partir do Senta com dois comandos – provavelmente gesto e voz. Se quiser ir do jeito mais fácil, pode deixar de usar o comando de voz. Se usa os dois, pode ser que o cão sequer ouça sua voz mesmo. Se quiser usar a voz, você tem duas opções. Voltar para o começo – fazê-lo oferecer o Parado voluntariamente – e então começar a dizer-lhe o nome do comando, sem usar gesto algum, até que ele ligue os dois (voz; comando). OU continuar de onde está, mas separar os dois comandos. Use o comando de voz primeiro, espere meio segundo, então use o gesto. Cães gostam quando uma coisa vem seguida de outra, então logo estará pensando “Toda vez que ele faz aquele barulho, ele me diz (gesto) para ficar Parado! Então, é para eu ficar Parado quando ouvir aquele som!”. Qualquer um destes métodos funcionará, a escolha é sua.
Agora, se livrar da comida. Clique o Parado 10x. Então tire todos os petiscos do bolso e coloque-os numa mesa, assim você terá que ir cada vez mais longe pegar o petisco depois do clique. Continue clicando o comportamento quando ele acontecer – o atraso é entre o clique e o petisco, não entre o comportamento e o clique. Vá em direção a uma porta. Logo você estará em um ambiente diferente, tendo que voltar para a mesa da sala para pegar o petisco cada vez que clicar. Pense nas 300 Repetições enquanto você sai para pegar o petisco. Se ele desistir de lhe oferecer o comportamento, volte para perto dos petiscos e comece de novo.Agora, estabeleça uma situação onde você não chega com os petiscos e então se afasta deles. Coloque alguns petiscos na mesa enquanto o cão está em outro lugar. Vá para a porta que divide os dois cômodos com o cão e peça-lhe para ficar Parado. Se ele o fizer, clique e vá para a mesa pegar os petiscos. Se não o fizer, comece do começo e explique tudo de novo. Quando ele conseguir fazer o esperado, ensine-o a ficar Parado em diferentes locais da casa, e comece a esconder petiscos em pequenos potes pela casa, assim sempre terá um petisco por perto.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
EU GUIEI POR MUITO TEMPO E AGORA ELE NAO FICA PARADO A MENOS QUE EU SEGURE UM PETISCO!
Mude a tática. Volte para o começo. Passe vários dias apenas capturando o comportamento. Faça-o pensar no Parado como um comportamento padrão. Então, passe várias sessões moldando o Parado clicando quando o cão recuar (Nível Dois). Aí trabalhe até que o cão ofereça o Parado voluntariamente em qualquer oportunidade. Finalmente, comece a usar o comando de voz no comportamento voluntário.

CONTINUANDO A EDUCAR:
Dê o comando quando você estiver em pé, sentado, olhando para o cão, do lado dele. Em lugares diferentes, distâncias diferentes (do petisco). Comece a falar ISSO ao invés de usar o clicker para marcar o comportamento.

NÍVEL QUATRO
O cão fica Parado a partir do Senta com apenas um comando com o dono a 3m de distância. Comportamento opcional que deve ser executado sem comida ou clicker no lugar.

DISCUSSÃO:
Adicionar distância. Certifique-se que você tem uma resposta confiável para o comando antes de começar a se distanciar do cão!

COMEÇANDO:
Nada de novo aqui exceto obter o mesmo comportamento do mesmo modo mas mais distante. Quando você muda uma coisa, claro, torne as outras mais fáceis, então você adicionará os petiscos e o clicker na equação até que tenha o comportamento confiável à distância.

Você pode prender o cão em algum lugar, mas acho que qualquer pressão na guia tende a tornar mais difícil para o cão mudar de posição. Você pode ter mais sorte colocando o cão do outro lado de um portãozinho para que você possa se concentrar em obter o comportamento sem pensar em manter a distância que quer.

Peça para ele ficar Parado. C/T 10x. Afaste-se um passo do cão e comece de novo. Outro bom motivo para usar as 300 Repetições. Clique para um passo de distância, dois passos, três passos... quando o cão falhar, recomece à frente dele de novo. Clique para um passo, dois passos etc. Se você atingir um platô, pode diminuir sua distância de novo e tentar recuar apenas alguns centímetros de cada vez ao invés de um passo completo. Outro truque é clicar em cada distância cinco vezes antes de se distanciar mais.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
ESTOU A 1 METRO DE DISTÂNCIA DELE E ELE NÃO FICA PARADO!
Volte para perto dele e trabalhe perto o bastante até que ele fique parado com confiança. Quando ele estiver pensando no Parado perto de você, se afaste alguns centímetros e peça que fique Parado de novo. A qualquer momento que ele falhar no primeiro comando, se aproxime dele e comece de novo.

CONTINUANDO A EDUCAR:
Ele pode ficar parado se você estiver sentado? Com você em pé? Deitado no chão? Antes de jogar uma bola? Antes de abrir uma porta? Enquanto coloca a coleira nele? Brinque com isso. A maioria dos cães podem Sentar e Deitar, mas um cão que fica Parado sob comando a uma certa distância é realmente impressionante.

E claro, assim que ele entender o Parado na distância desejada, comece a tirar os petiscos do lugar que você normalmente treina, e peça-lhe que fique Parado quando você estiver em outras situações sem petiscos à mostra.

NÍVEL CINCO
O cão fica Parado a partir do junto com um sinal gestual apenas. Opcional.

DISCUSSÃO:
Parte do exercício de Utilidade (título do AKC), Parado a partir do Junto é um comportamento elegante se feito da maneira correta.

NÍVEL SEIS
O cão fica Parado a partir do Junto, o dono não para. Dois comandos permitidos. Comando opcional.

DISCUSSÃO:
Parte do exercício de Utilidade: Parado para Exame, considerado muito difícil de ensinar. Agradeça o adestramento com clicker!

NÍVEL SETE
O cão fica Parado a partir do Deita com o dono a 3m de distância, dois comandos permitidos. Comportamento opcional.

DISCUSSÃO:
Este comportamento não faz parte de nenhuma competição, mas é uma maneira interessante de testar sua habilidade em adicionar distância a um comportamento.

Tradução: Fúlvia Zepilho de Andrade
Fonte: www.dragonflyllama.com