Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

segunda-feira, 11 de dezembro de 2006

Idade real da Suzie: Parte II

PREVENÇÃO
Checkups
Exames físicos anuais dão ao veterinário a chance de avaliar a saúde do seu cão e detectar problemas antes que se transformem em doenças sérias.

  • Você cuida muito bem da saúde da Suzie ao marcar consultas regulares ao veterinário. Estes exames a ajudam a ficar mais jovem. Um exame anual é recomendado para cães de até 6 anos; duas vezes ao ano para cães com mais de 6 anos.

Vacinas

Os veterinários acreditam que as vacinas tenham salvo milhões de cães. Elas protegem contra doenças que podem ser fatais, como a parvovirose, cinomose, adenovirose, coronavirose, leptospirose e raiva (no plano “básico”). Outros veterinários recomendam, além destas vacinas, outras que protegem contra a tosse dos canis e a giárdia. Algumas são recomendadas para todos os cães, outras, para cães que vivem em determinadas regiões.

  • Bom trabalho. Você previne a Suzie contra o verme do coração, pulgas e carrapatos, o que a ajuda a ficar mais jovem.
  • Pense em vaciná-la contra a doença de Lyme, se vive em uma area, ou perto de uma área, onde haja carrapatos, ou se você pretende viajar para locais onde haja carrapatos. Alguns deles têm a bactéria causadora da doença de Lyme e pode transmiti-la para o cão. Esta doença pode causar inchaço nas articulações, aumento dos linfonodos, febre e risco de morte.

DOENÇAS CANINAS

Cães são como pessoas: quanto mais idade, mais suscetíveis a desenvolver doenças. Mas também como os humanos, quanto mais saudáveis, menores os riscos de ficarem doentes. Uma dieta balanceada, exercício, manutenção do peso e muito amor são a receita para manter o risco das doenças baixo.

  • A Suzie está mais jovem porque não há fumantes em sua casa. Estudos recentes mostram a ligação entre fumantes e câncer do aparelho respiratório em cães. Cães com focinho longo têm um risco maior comparado aos cães de focinho curto ou mediano. Quanto mais fumantes em casa, maiores as chances do cão desenvolver câncer relacionados ao cigarro. Os cães também podem desenvolver infecções pulmonares, problemas respiratórios e até mesmo asma se expostos à fumaça do cigarro.


COMIDA E NUTRIÇÃO

Cães diferentes têm diferentes necessidades nutricionais. Decidir o tipo de comida e a quantidade a ser ingerida é o melhor para seu cão pode ser confuso. Use os passos a seguir para se adequar às necessidades deles.

  • Rações específicas para a raça ou super premium são boas para seu cão. Estes alimentos contêm um alto valor nutricional. Siga as recomendações do fabricante; excesso de certos nutrients podem ser prejudiciais para a saúde do seu cão.

Quantidade de Comida

Estudos recentes indicam que manter o peso ideal do cão leva a uma vida mais longa e saudável. Seguir as instruções do pacote e usar como medida uma xícara ou copo são as melhores maneiras de controlar a quantidade de comida e reduzir os riscos de obesidade.

Hora da Comida

A idade e tamanho do cão ajudam a determinar o número de quantidade de vezes por dia que ele precisa comer.
A obesidade pode levar o seu cão a ter um aumento na pressão arterial e elevado número de batimentos cardíacos. Você pode ajudar o cão dando-lhe um alimento balanceado e com quantidade controlada.
Deixar comida à disposição do cão (onde ele come a quantidade que quer e a hora que quer) aumentam as chances dele ficar obeso. O melhor é ter horários para o cão comer, assim você pode monitorar a dieta dele. Duas ou três refeições diárias para um cão adultos é uma boa.

Pesticos

Para evitar que o cão fique obeso, os petiscos não devem exceder 10% do total da dieta diária.

  • Além dos ossos de couro, dê petiscos mais saudáveis. Alguns biscoitos ou mesmo ossinhos contém ervas e suplementos que melhoram a saúde do cão. Mas tome cuidado com a ingestão diária, para não deixar o cão obeso.

Dever da Alimentação

É importante saber quanto o cão come durante o dia. Se você vive com mais de uma pessoa, fique com a parte de alimentação como sua obrigação, evitando que o cão coma demais.

  • Mais de uma pessoa alimenta a Suzie, então é importante crier um “calendário” de alimentação para todos, assim você pode controlar as vezes e quantidade de comida que a Suzie recebe. Comida demais, ser alimentado várias vezes ou muitos petiscos podem levar à obesidade. O melhor é restringir a obrigação de dar comida para uma pessoa, para evitar confusão.