Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

segunda-feira, 29 de janeiro de 2007

O que é um Bom Criador?

Um criador é uma pessoa que tem dois cães do sexo oposto e produz filhotes. Simples assim. O termo “criador” não implica, necessariamente, nenhuma qualidade especial à pessoa como, conhecimento sobre a raça, sua habilidade de avaliar cães, de escolher cães bons ou outra coisa. Se você tem dois cães, eles acasalam e você é responsável, então você é um “criador”. É a mesma definição de todas aquelas pessoas que abastecem as pet shops e tornam as fábricas de filhote uma realidade.

O que faz uma pessoa ser um “Bom Criador”? Esta é a questão. Significa que você deve manter um filhote de cada ninhada? Não. Significa que você deve ter padreador e matriz campeões? Não. Significa que você deve produzir uma ninhada a cada 5 anos? Não. Você deve ser membro de um clube da raça? Não. Você deve planejar cuidadosamente cada ninhada... não, nem mesmo isso.

Você deve conhecer a sua raça (não é válido para Schnudles, Cockapoo, Labradoodles etc, que as pessoas vendem caro e não são de raça pura). Não significa que você deva participar de uma competição e fechar o campeonato e nem ir a várias exposições. Significa que você deve estar envolvido com a raça por mais de 6 meses (ou mesmo alguns anos) antes de criar, deve conhecer pessoas que criam a raça, aprender sobre as diferentes linhas de sangue, se familiarizar com a função da raça e mais importante de tudo, aprender sobre problemas de saúde e temperamento que possam acometer a raça. Bons criadores não sabem tudo e eles sabem que não sabem tudo. Eles aprendem com cada ninhada e QUEREM aprender com cada uma delas.

Bons criadores fazem exames de saúde em seus cães e não acasalam cães portadores de doenças que possam ser transmissíveis (como displasia, por exemplo). Bons criadores educam os novos donos a respeito do que pode estar no pedigree dos filhotes, como doenças, e acasalam cães saudáveis. São interessados e abertos.

Ser um bom criador significa que você tem um carinho especial por cada filhote nascido em seu canil. Você cria um ser vivo e pensante que merece a melhor vida que pode ter na Terra. Isso não quer dizer que você tenha que levá-lo a uma exposição ou colocá-lo para trabalhar. Significa que eles vivem em lares onde são amados e considerados membros da família, com suas qualidades individuais, como um cão amável. Nenhuma pessoa que produza 6 ninhadas em menos de 3 meses pode realizar estas tarefas, a menos que tenha 20 ou 30 pessoas cuidando destes filhotes diariamente. Eles devem ter atenção individual, ser manuseados diariamente, ter as unhas aparadas, ser banhados, alimentados com uma ração de boa qualidade, ser vermifugados e vacinados apropriadamente e serem ensinados algumas coisas antes de ir para a nova casa (pelo menos conhecer uma caixa de transporte, uma coleira e guia). Os donos dos filhotes que vêem de um Bom Criador devem ter no criador um mentor, um amigo e uma pessoa com conhecimento sobre a raça, com a qual possam tirar as dúvidas mais comuns.

Ser um Bom Criador significa que você pegará os filhotes de volta, não importando as circunstâncias, pelo bem da vida delas. Não significa que você deve manter todos com você ou controlar o resto da vida deles e dos seus donos... mas você precisa estar por perto se eles precisam de você. Você tem que achar lares perfeitos? Ninguém consegue isso com 100% de garantia, mas ter lares em listas de espera antes de criar, de ter uma ninhada, ajuda. Ser um Bom Criador não significa que você não terá nunca problemas com os cães, ou com os donos, ou ter ninhadas que não se tornarão bons cães, os quais não poderão ser acasalados... mas que você deve ter em mente que coisas assim acontecem e saber encará-las positivamente.

Não há uma definição que se possa dar sobre o número de ninhadas por ano, filhotes produzidos por década, número de campeões por ano etc. Estas coisas definem um Bom Criador de sucesso... Mas em como você apresenta estes filhotes ao mundo e em como você apresenta os novos donos a esta enorme responsabilidade: os filhotes.

Resumindo... considere esta estatística: 80% ou mais de filhotes morrem devido a problemas de comportamento.

A grande maioria dos cães que são mortos (eutanásia) o são devido a problemas de comportamento, e não a problemas de saúde. Comportamento é a razão principal pela qual os cães são abandonados ou eutanasiados em nosso mundo. Melhor Amigo do Homem? Não tanto hoje em dia. Um Bom Criador é a primeira linha de defesa para diminuir esta estatística... eles escolher os donos dos seus filhotes, os ajudam a educá-los e ajudam em problemas, quando eles acontecem. Alguém que pensa seriamente em criar cães deve pensar sobre a saúde física e mental de todos os filhotes que eles planejam ter. Se você dá conta do recado, você pode ser um Bom Criador.

Fonte:
Lisa M. Costello - http://www.rejoycewhippets.com/goodbreeder.html