Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

quinta-feira, 10 de junho de 2010

O melhor jeito de apresentar dois cães


Esta semana falei sobre ter um segundo cão aqui. Hoje, vou falar um pouquinho mais sobre este assunto, que muito me interessa (e que pode interessar para outras pessoas também).

Algumas pessoas dizem que é impossível ter um cão só. Mais cães significa mais amor, mas também mais responsabilidade. Uma destas responsabilidades é o custo. Dar conta dele pode ser um desafio, principalmente se seus cães tiverem problemas de saúde.

Se você levar outro cão para sua casa, siga as dicas abaixo para tornar o processo mais fácil para todos os envolvidos. Veja a melhor maneira de se apresentar dois cães.

1. Mantenha a apresentação amigável - É possível apresentar dois cães de uma maneira relaxada, deixando-os se cheirarem e brincarem, desde que ambos sejam sociáveis com outros cães.

2. Vá devagar - Se você não tem certeza de como os cães reagirão, seja cuidadoso: leve-os para caminhar em um território neutro (um parque, por exemplo). Quando eles mostrarem um comportamento amigável ou se eles ignorarem um ao outro, faça este exercício no seu quintal (ou perto de sua casa). Finalmente, deixe-os juntos em casa.

3. Fique atento as sinais - Uma cauda abanando nem sempre significa que os cães estão felizes em se ver. Uma cauda ereta que abana é um sinal de dominância que pode levar à agressão. Se a cauda de um dos cães estiver entre as pernas, ele está com medo e nervoso. Esta situação pede uma aproximação gradual e supervisionada, para evitar que o cão fique com mais medo ainda. Se a cauda do cão está na horizontal e abana de forma relaxada, está tudo bem!

4. O cão dominante aparecerá - Quando os cães eventualmente se encontram sem guia, um deles acaba estabalecendo a dominância. Esta é uma atitude normal e necessária na relação cão-cão, mas algumas vezes o processo pode parecer assustador. Os cães se rodeiam e podem até se desentender, ao ponto de um deles acabar deitado de costas, com o outro em cima dele. Eles podem até mordiscar o pescoço um do outro. Tente não se preocupar demais se isso acontecer. É normal para os cães. Assim que o cão dominante se estabelecer, ele não repetirá esta "manobra".

5. Dê suporte ao cão dominante - Uma vez que os cães estiverem juntos, dê suporte ao cão dominante (normalmente o cão que já morava com você antes). Mostre-lhe que ele é o número um. Ele deverá ser alimentado primeiro, acariciado primeiro, o primeiro a receber atenção e ter direito ao seu lugar favorito para dormir. Não espere que os cães saibam dividir: dividir não é normal para os cães. Alimente os cães separadamente e não dê nada muito gostoso para eles (ossos de couro, orelha de vaca) roerem no início. Quando a hierarquia estiver estabelecida, você poderá dar todos os brinquedos e petiscos que os cães quiserem.

Introduzir um novo cão em casa pode ser muito fácil quando feito da maneira correta. Não fique chateado quando seu cão der um chega pra lá no novato. Este é o jeito como os cães recém chegados aprender as regras da casa. Logo eles se tornarão ótimos amigos.

Se você está pensando em ter outro cão, pense nos custos extras e se você dará conta deles. Não é só comprar mais comida: é mais que isso. Ter uma cão é um responsabilidade muito grande e pode ser caro. À medida que se aumenta o número de cães na casa, também aumenta sua responsabilidade e gastos. Falei mais sobre isso aqui.

3 comentários: