Todos os Direitos Reservados

Este site é protegido pela Lei dos Direitos Autorais (Lei nº 9610) e toda e qualquer reprodução, parcial ou total, de um texto de minha autoria sem autorização está terminantemente proibida! Portanto, usem suas próprias cabeças para escrever no seu site, ok?! Ou sejam humildes e peçam autorização. Obrigada

quarta-feira, 12 de março de 2008

Níveis: 18. Scent (Cheiro)

NÍVEL TRÊS
O cão acha um petisco escondido sobre uma xícara ou pedaço de roupa.
Comportamento opcional.

DISCUSSÃO: Em competições oficiais, existem poucas áreas onde a discriminação de odores é necessário – uma pena, já que o trabalho de faro pode lhe ensinar muito sobre o cão, além de ser muito divertido para cães e pessoas. Ensinar o cão a achar um petisco debaixo de um pedaço de roupa não é, claro, um desafio para a habilidade do cão em usar o nariz, apenas diz a ele que você quer que ele use o nariz.

COMEÇANDO: Comece com petiscos interessantes. Coloque a roupa (um pedaço pequeno) no chão. Queremos diferenciar o que você está fazendo agora do Zen, então primeiro, mostre o petisco para o cão, coloque o chão perto da roupa e diga ao cão que ele pode pegá-lo. Repita 10x, gradualmente movendo o petisco até que, na 10ª repetição, o petisco esteja na roupa.
Durante as próximas 10 repetições, gradualmente mova o petisco até que ele esteja sobre a ponta da roupa.

Quando o cão está com vontade de pegar o petisco de debaixo da ponta da roupa, você pode começar a pedir que ele Sente-Fique enquanto coloca o petisco debaixo da roupa, liberando-o ou clicando e deixando-o pegar a recompensa da roupa.

Mais dez repetições e você deve ser capaz de colocar o petisco no chão e colocar a roupa diretamente em cima dele, libertando o cão do Senta-Fica, e deixá-lo cavar e tirar o petisco de lá.
Pronto, você obteve o comportamento completo.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
EU NÃO QUERO QUE ELE CAVE A ROUPA!
Use o mesmo método com xícaras de plástico, um prato de papel pequeno, um guardanapo ou lenço de papel.

ADICIONANDO UM COMANDO: Você pode adicionar um comando quando ele estiver bom em encontrar o petisco. Usar o nariz para achar algo não é buscar, então use uma palavra que não signifique que ele deva buscar. Use Procura!

CONTINUANDO A EDUCAR: Se você está pronto para algo bem legal, brinque com o cão – coloque duas roupas com o petisco debaixo de apenas uma delas e observe-o procurar o petisco.

NÍVEL QUATRO
O cão acha o artigo correto dentre 2 objetos em 3 tentativas, cheiro da mão apenas, um comando cada. O cão pode Buscar o artigo, ou indicar. O indicador usado deve ser determinado antes do comportamento. Comportamento opcional.

DISCUSSÃO: Um grande passo, mudar do cheiro do petisco para o cheiro da sua mão apenas. O desafio não é o cão achar o seu cheiro, mas em ele saber que você quer que ele achar o seu cheiro apenas.

Vamos falar deste comportamento como se o cão já estivesse buscando. Se não, você ainda pode certamente fazer a discriminação de odores, apenas clique quando o cão estiver indicando o artigo. Tenha cuidado para você não mostrar o artigo correto. O mundo está cheio de cães que chegam perto do artigo e olham para o dono, perto de outro artigo e olham para o dono. Quando o dono começa a respirar de novo, ou ficar parado mais ereto ou sorrir, o cão sabe que ele acertou. Neste exercício é o cão que deve achar o artigo correto.

COMEÇANDO: Você vai precisar de um pouco de queijo cremoso ou pasta de amendoim, um par de pinças e dois artigos com cheiro. Há três requisições para um artigo com cheiro:

Eles devem ser todos iguais. Duas colheres de madeira. Duas colheres de metal. Dois halteres de plástico. Dois pratos de papel.

Você deve ser capaz de escrever neles. Com artigos de metal, você pode fazer com lixa de unha. A razão é que você deve ser capaz de dizer a diferença então, não perderá qual o artigo com cheiro.

O cão deve ser capaz de facilmente buscá-los (assumindo que ele já esteja buscando).
Aqui está o grande segredo neste treinamento: peça para um estranho colocar o cheiro dele nos objetos! Você quer que o cão pense “eca, eca, eca, MAMÃE!”. Você consegue achar um estranho. O carteiro, o vendedor do mercado, alguém passeando com o cão. Peça para o estranho esfregar as mãos por todo o objeto (nos dois), uns 15 segundos em cada um. Repita a cada 3 sessões quando usar os objetos. Uma dica: se você trabalhar com seis objetos ao invés de dois, você será capaz de trabalhar mais vezes sem precisar “carregar”.

Pronto. Você tem os dois objetos que têm cheiro de estranho e que você não tocou neles desde que o estranho o tocou! Pegue um deles e deixe seu cheiro – esfregue suas mãos por ele todo. O melhor é não ter as mãos lavadas nos últimos dez minutos para deixar seu cheiro. Pegue um pouquinho (uma pincelada) da coisa gostosa (pasta de amendoim, qualquer coisa) e coloque na barra do halter, ou na haste da colher. Coloque-o no chão. Pegue o cão, leve-o para perto do objeto e mostre-lhe a coisa gostosa. Deixe-o lamber.

Se ele lamber tudo e então levar o objeto para você, ótimo, dê-lhe um petisco sem muito estardalhaço em troca do objeto. Se ele lamber tudo e não lhe trouxer o objeto, não tem problema. Buscar não é a parte difícil deste exercício, dizer ao cão que você quer que ele ache o seu objeto é que é.

Comece de novo. Coloque um pouco mais da gostosura no objeto, coloque no chão a mais ou menos 70cm do cão e mande-o lambê-lo. Repita 10x ou até que ele não possa esperar para ir “achar” a gostosura naquele objeto.

Neste ponto, uma em cada, digamos, 5 vezes, você pode “esquecer” de colocar mais gostosura no objeto. Só troque o objeto e mande o cão de novo. Quando ele achá-lo e lambe-lo e desejar que estivesse com gostosura, clique e dê-lhe um petisco.

Agora fica mais difícil. Com a pinça, coloque o segundo objeto com-cheiro-de-estranho no chão.
Ponha mais gostosura no seu objeto e o coloque muito perto do primeiro (o do estranho).

A maioria das pessoas pensam que colocar os objetos bem separados torna o exercício mais fácil. Provavelmente sim. O problema é a explicação do que você quer que o cão faça. “Eu quero que você ache aquele que eu toquei, e não aquele que outra pessoa tocou” não traduz facilmente. Se o seu cão está buscando, será mais fácil para ele pensar que é outro exercício de busca, e se você colocar os dois objetos separados, não há razão alguma para que ele pense de outra maneira. Então, coloque-os perto um do outro. Se você está usando halteres, coloque-os um ao lado do outro.

Você tem o objeto “eca” e aquele com gostosuras um ao lado do outro. Mande o cão.

Cheirar não é difícil para o cão. Tudo o que fizemos aqui foi dar-lhe uma razão para apontar o artigo com nosso cheiro. Se ele lhe trouxer o objeto desejado, faça a troca por um petisco.
Trabalhe até que ele saiba o porque está indo lá, está com vontade de fazê-lo e acertou 10 vezes seguidas. Agora você pode voltar a renovar a gostosura 4 vezes de 5. Trabalhe 20x, divididas em 5 sessões. Então renove a gostosura 3 vezes de 5. Certifique-se de manter o cão entusiasmado, que ele não cometa erros e que você não esteja clicando até depois que ele claramente lhe mostrar qual o objeto ele quer (ou o estiver buscando).

Aqui é outro exercício bom para usar o 300 Repetições. Se ele errar neste nível, volte para pincelar a gostosura no objeto todas as vezes, então, deixe de pincelar uma de cada 5, depois 2 em 5, depois 3 em 5, 2 em cinco e, finalmente, apenas uma em 5. Se for preciso, você pode voltar a usar apenas um objeto no chão. Se o seu cão estiver buscando, você pode trocar o objeto por um petisco cada vez que ele o trouxer para você.

Pelo menos a cada 3x que você tira a gostosura do objeto, recoloque seu cheiro nele. Aliás, mude a pessoa estranha de vez em quando. Mais de um cheiro estranho no objeto também é legal.

SOLUÇÃO DE PROBLEMAS:
TENHO OUTROS TRABALHOS PARA O CÃO ENVOLVENDO DISCRIMINAÇÃO DE ODORES E NÃO QUERO QUE ELE BUSQUE O QUE ACHAR!
Sem problemas. Cães policiais de trilha não buscam e nem cães farejadores de drogas. Decida o que você quer que o cão faça para indicar que achou o odor (por exemplo, que ele Sente). Mande-o procurar, ele acha o objeto, lambe a gostosura, você diz para ele Sentar, clica e recompensa. Continue assim até que não tenha mais gostosura para achar, apenas o seu odor, e continue dando o comando Senta quando você vir que ele achou o objeto correto, até que ele comece a Sentar automaticamente. Você trabalhará com os objetos um pouco mais distantes que no trabalho de busca, dando ao cão espaço para indicar o caminho que você quer.

ELE NÃO BUSCA METAL! Não é um problema de discriminação de odores, e sim de busca. Trabalhe nisto no exercício de busca, completamente separado da discriminação de odores.

ADICIONANDO UM COMANDO: Quando ele estiver indo em direção ao objeto, procurando com entusiasmo e achando o objeto correto consistentemente, comece a lhe dizer como se chama o exercício – Me Ache, Whazzat, Procura – qualquer coisa. Mas nunca use o comando de busca. Se você lhe mostrar dois objetos e comandar o Busca, e ele lhe traz o objeto errado, não é o cão que cometeu um erro. Você mandou ele buscar, e ele o fez.

Quando o cão sabe buscar mas ainda não pensou em pegar o objeto certo quando o acha, usando apenas UM objeto, espere até que ele esteja acabando de lamber a gostosura, então use o comando de Busca, em voz baixa. Se ele souber como Buscar, você quer que ele lhe traga o objeto correto antes de começar a usar dois ou mais objetos, porque você não quer cometer um erro dizendo ao cão para Buscar e vê-lo lhe trazer o objeto errado.

CONTINUANDO A EDUCAR: Quando você chegou neste ponto onde ele alegremente acha o objeto correto com apenas uma gostosura em cinco repetições, você pode começar a besuntar um pouco de gostosura nas suas mãos, ao invés de no objeto. Isto significa menos gostosura no objeto. É só um lembrete, uma indicação. Se ele errar e buscar o objeto errado, olhe para o céu, conte até cinco, tire o objeto dele sem nenhuma expressão facial, com os dedos, e coloque-o em algum lugar onde nenhum de vocês dois tenham que pensar sobre isto pelo resto do dia. Coloque o cheiro do estranho no objeto antes de usá-lo novamente. Recoloque a gostosura e mande-o procurar de novo.

O próximo passo será ir diminuindo a gostosura das suas mãos gradualmente. Um dia, quando seus objetos estiverem sem o cheiro do estranho, você pode tentar deixar apenas o seu cheiro em um objeto.

NÍVEL CINCO
O cão acha o objeto correto dentre cinco, três vezes seguidas. Comportamento opcional.

DISCUSSÃO: Nada de novo, estamos aperfeiçoando e colocando mais objetos. É preciso ir devagar, pois muitos cães perdem a confiança neste ponto se pedirmos demais deles antes do tempo!

NÍVEL SEIS
O cão acha o objeto correto dentre oito, três vezes seguidas. Comandos apropriados.
Comportamento opcional.

DISCUSSÃO: Agora ele sabe exatamente o que faz. Comece a pensar em vários truques que você pode fazer com discriminação de odores!

NÍVEL SETE
O cão acha um objeto escondido no ringue (área de adestramento). Comandos apropriados. Comportamento opcional.

DISCUSSÃO: Dias chuvosos não precisam ser entediantes. Esconda comida e brinquedos pela casa e divirta-se com seu cão!

Tradução: Fúlvia Zepilho de Andrade
Fonte: http://www.dragonflyllama.com